Marcações e serviços urgentes 24h 365 dias

Piómetra

 
Piómetra

Piómetra

2021-10-06

Piómetra: Uma Infeção Uterina Grave em Cadelas e Gatas

A piómetra é uma infeção grave do útero que se caracteriza por uma acumulação de pús no interior do útero, devido a uma combinação de fatores hormonais e bacterianos. Esta condição médica afeta principalmente cadelas, mas também as gatas, e é mais comum em idade geriátrica, embora possa ocorrer em qualquer idade reprodutiva. Esta situação pode estar em desenvolvimento durante muitos dias sem sinais clínicos, contudo a sua ocorrência é muito grave.
A piómetra é uma emergência médica e requer atenção veterinária imediata. Infelizmente animais tratados tarde correm graves riscos de vida em virtude da entrada em circulação das toxinas produzidas pelas bactérias causadoras da infeção no útero. Contudo uma série de complicações associada a esta patologia também contribuem para um desfecho fatal mesmo em caso em que o tratamento é rápido e objetivo.

Sinais e sintomas da Piómetra

    • História clínica comum em cadelas e gatas não esterilizadas
    • Corrimento vaginal purulento ou sanguinolento (piómetra aberta)
    • Vulva edemaciada
    • Apatia e letargia
    • Perda de apetite
    • Perda de peso
    • Febre
    • Vómitos e/ou diarreia
    • Distensão abdominal
    • Dor abdominal
    • Polaquiúria (aumento da frequência urinária)
    • Polidipisa (aumento da frequência de ingestão de água)
    • Alterações dos cios
Os sinais clínicos de uma fêmea com piómetra são inespecíficos, podendo por vezes passar despercebidos. 

Causas desta infeção

Hiperplasia Endometrial Cística (HEC): Durante o ciclo reprodutivo, o útero sofre alterações hormonais que preparam o animal para a gestação. Se a cadela ou gata não engravidar, o endométrio (revestimento interno do útero) pode tornar-se hiperplásico e formar cistos, ficando suscetível a infeções bacterianas.
Infeção bacteriana: Bactérias, geralmente provenientes da vagina, podem invadir os cistos endometriais e causar a infeção.
Uso de contracetivos: a terapia hormonal com contracetivos resulta no aumento da incidência de piómetra, além de outros problemas como a hiperplasia mamária. Sendo assim, o uso de estrógenos ou progestágenos para prevenção da gravidez não é recomendado para os animais. Por esses motivos, o melhor e mais seguro método para prevenção da gravidez atualmente é a castração 

                                           imagem utero com pus

                                                                         Figura 1 - Imagem de útero cheio de pús

Tipos de Piómetra

Piómetra Aberta: O colo do útero está aberto, permitindo que o pús seja drenado pela vagina. A cadela apresenta corrimento vaginal purulento. Esta situação tem muitas vezes um prognóstico mais favorável.
Piómetra Fechada: O colo do útero está fechado, impedindo a drenagem do pús. Este acumula-se no útero, causando distensão abdominal e outros sintomas. Esta situação tem muitas vezes um prognóstico muito desfavorável.

Diagnóstico

O diagnóstico da piómetra é feito com base em:
    • História clínica: Historial médico e sinais clínicos  apresentados pelo animal.
    • Exame físico: Avaliação da vulva, vagina, útero e abdómen.
    • Exames laboratoriais: Hemograma, bioquímica e urianálise.
    • Raio x: O raio x permite muitas vezes visualizar a piómetra 
    • Ecografia abdominal: Permite visualizar o útero e confirmar a presença de pús.

                                                      cadela veterinario dianostico piometra

       Figura 2 – O diagnóstico da piómetra é feito com base em história clínica, exame físico, exames laboratoriais, ecografia

Tratamento da Piómetra

O tratamento da piómetra é complexo e requer atendimento veterinário imediato. As principais medidas incluem:
    • Antibioterapia: Administração de antibióticos de largo espectro para combater a infeção bacteriana.
    • Fluidoterapia: Administração de fluídos via endovenosa para corrigir desequilíbrios eletrolíticos e desidratação.
    • Suporte nutricional: Administração de dieta nutritiva e específica para auxiliar na recuperação.
    • Cirurgia de ovariohisterectomia (OVH): O tratamento de eleição é a remoção cirúrgica dos ovários e do útero. Esta é a opção mais definitiva, mas nem sempre é possível. Após a cirurgia, a cadela geralmente recupera bem, desde que receba os cuidados pós-operatórios adequados e quando o animal não se apresenta já em muito mau estado geral.
Se a piómetra não for tratada, pode levar a complicações graves, como rutura uterina, septicemia e até mesmo a morte do animal.
A cirurgia é a mesma da castração, e os ovários e o útero são removidos. No entanto, a cirurgia oferece mais riscos do que a castração eletiva, pois a fêmea apresenta-se doente e com a possibilidade de septicemia. Antes da cirurgia, o animal deve ser internado, estabilizado e, se necessário, receber fluidoterapia intravenosa, analgesia e antibioterapia. 
Já o tratamento medicamentoso é indicado para aquelas fêmeas que são reprodutoras e cujo tutor deseja que continuem a procriar. Este tratamento não garante a cura, e a castração pode ser necessária.

Prognóstico

O prognóstico da piómetra depende da gravidade da condição, do tipo de piómetra (aberta ou fechada) e da resposta ao tratamento. Com diagnóstico e tratamento precoces, a maioria das cadelas recupera completamente. No entanto, a piómetra pode ser fatal se não for tratada atempadamente e adequadamente.

Prevenção da Piómetra

A melhor forma de prevenir a piómetra é evitar que a cadela entre no cio. Isto pode ser feito através da realização da esterilização, conhecida como Ovariohisterectomia (OVH), que consiste na remoção dos ovários e do útero. Assim, elimina-se a produção de hormonas sexuais e o risco de desenvolvimento de piómetra. A OVH previne outras condições médicas associadas ao sistema reprodutivo, como tumores uterinos, ováricos e mamários.

                                                                        gata

Figura 3 – a melhor forma de prevenir a piómetra é realizar a esterilização o mais cedo possível da sua cadela ou gata. Este procedimento é conhecido como Ovariohisterectomia (OVH)

Resumindo:

A Piómetra é uma doença grave que requer atenção veterinária imediata. O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são essenciais para o sucesso da recuperação. A esterilização é a melhor forma de prevenção de piómetra e garantir a saúde reprodutiva do seu animal.

Consulte um médico veterinário se o seu animal apresentar algum dos sinais descritos anteriormente.

                                      banner marcação consulta