Marcações e serviços urgentes 24h 365 dias

Parvovirose Canina

 
Parvovirose Canina

Parvovirose Canina

2024-01-22

O que é a Parvovirose Canina?

A parvovirose canina é uma infeção gastrointestinal que é mais comum em filhotes, nos primeiros 6 meses de vida, especialmente se não estiverem devidamente vacinados. 

O que causa a Parvovirose?

A parvovirose canina é causada pela infecção por parvovírus, um tipo de vírus que pode estar presente no ambiente, especialmente se existirem outros cachorros. 

Como é transmitida a Parvovirose?

As principais formas de transmissão do parvovírus são:

    • Contacto direto com fezes de outros animais infetados;
    • Contacto com objetos infetados por outros cachorros, como trelas, coleiras, taças de comida, etc.;
    • Contacto com pessoas que estiveram em contacto direto com outros cachorros infetados.

O vírus responsável pela parvovirose em cães é resistente a diversas condições atmosféricas, podendo permanecer no ambiente por longos períodos de tempo.

                                    sick dog with mask

Quais os sinais e sintomas da Parvovirose?

Os primeiros sintomas de parvovirose canina são geralmente pouco específicos e surgem 5 a 7 dias após contacto com o vírus:

    • Cansaço excessivo;
    • Diminuição do apetite;
    • Perda de peso;
    • Febre.
    
Após 1 a 2 dias é comum o aparecimento de sintomas gastrointestinais mais específicos como vómitos, dor abdominal e diarreia, que pode conter sangue.

Dado que os sintomas podem evoluir rapidamente e que os vómitos e a diarreia podem causar intensa desidratação, o ideal é que se consulte o veterinário assim que for notada alguma alteração no comportamento do cachorro, mesmo que ainda não existam sintomas gastrointestinais. Isso vai permitir que o tratamento seja iniciado o mais cedo possível, evitando complicações que podem colocar a vida do cachorro em risco.

Há tratamento para a Parvovirose Canina?

A parvovirose tem cura, no entanto, não existe uma forma única de tratamento, já que pode variar de acordo com o grau de infeção e os sintomas apresentados pelo cachorro. 

Nos casos mais leves, em que o cachorro não tem sintomas gastrointestinais, ou apresenta vómitos e diarreia leves, o tratamento pode passar, maioritariamente, por uma terapia de suporte que tem como objetivo prioritário restaurar o equilíbrio hidroeletrolítico (com soluções de cloreto de potássio, por exemplo), dado que pela diarreia e pelo vómito o animal perde grandes quantidades de água e eletrólitos. 

Além disso, se existir risco de uma infeção intestinal secundária, o veterinário também pode recomendar o uso de um antibiótico.

Nos casos mais graves, em que o cachorro apresenta sintomas mais severos e até um quadro de desidratação com perda de minerais importantes, geralmente é recomendado o internamento, para que seja administrado soro e medicamentos na corrente sanguínea. Com o internamento também é possível manter o cachorro sob vigilância, facilitando a identificação de complicações que podem colocar a vida em risco.
Com o tratamento veterinário adequado e a identificação precoce dos sintomas, a maior parte dos cachorros fica completamente recuperada da infeção em 1 semana.

                                                 canine parvovirus vaccine

Como evitar que o meu patudo apanhe Parvovirose?

A melhor forma de prevenção contra a parvovirose é, sem dúvida, a vacinação, que deve ser feita em 3 doses, normalmente por volta das 6, 8 e 12 semanas de vida.
Até terminarem as 3 doses, os cachorros continuam vulneráveis à infeção.

                         banner marcação consulta