Os gatos aterram sempre de pé?

 
Os gatos aterram sempre de pé?

Os gatos aterram sempre de pé?

2023-09-12

Já todos ouvimos o ditado “os gatos caem sempre de pé”, mas será que há alguma verdade nisso?

Os gatos têm um sistema de equilíbrio chamado de “reflexo de endireitamento”, que permite que eles se endireitem e caiam de pé. Mas, embora os gatos consigam geralmente pousar com a parte certa para cima, não é verdade que eles caiam sempre em pé. A altura da queda pode afetar a sua capacidade de pousar com segurança.

O aparelho vestibular dentro da orelha de um gato é usado para o equilíbrio e a orientação e isto permite que os gatos descubram rapidamente para que lado é para cima e que rodem a cabeça instantaneamente para que o corpo possa seguir. Independentemente da posição do corpo no momento em que perderam o equilíbrio, os gatos torcem-se no ar com o objetivo de pousar primeiro nas patas dianteiras, o que explica muitas das lesões pós-queda se localizarem na boca, dentes e mandíbula.

Os gatos desenvolvem o reflexo de endireitamento muito cedo e é visto pela primeira vez em gatinhos com 3 semanas de idade, e às 7 semanas já está totalmente desenvolvido.

Segundo um estudo feito em 1987, a altura da queda tem um grande papel para saber se o gato vai cair de pé. Após análise dos registos de quedas de gatos de diferentes andares, concluiu-se que gatos que caem entre 7 e 32 andares sofrem menos ferimentos do que aqueles que caem entre 2 e 6 andares.

 

Por que se sentem os gatos atraídos pelas alturas?