Desparasitação Interna em Cães e Gatos

 
Desparasitação Interna em Cães e Gatos

Desparasitação Interna em Cães e Gatos

2024-02-16

Parasitas internos em cães e gatos

Os parasitas internos – na sua maioria, parasitas gastrointestinais – podem alojar-se em diferentes órgãos do seu cão ou gato provocando vómitos, diarreia, falta de apetite, comichão, etc. A sua transmissão é feita principalmente pelo contacto com outros animais infetados e pelo contacto e ingestão de ovos no solo, restos mortais de outros animais contaminados ou fezes contaminadas.
De ressalvar que apesar da maioria dos parasitas internos serem gastrointestinais, existem parasitas internos mais perigosos que se alojam nas vias respiratórias e coração, podendo provocar problemas de saúde mais graves, como insuficiência cardíaca.

Desparasitação interna em cães e gatos

A desparasitação interna é própria para parasitas intestinais, pulmonares e urinários – deve ser iniciada por volta das 4 semanas de vida e reforçada durante toda a vida do animal. 

Todos os animais domésticos, mesmo aqueles que não passeiam na rua, devem ser desparasitados internamente, pois estes parasitas desenvolvem-se naturalmente no organismo do animal.

De forma a contribuir para um controlo dos parasitas intestinais e a sua transmissão, lembre-se de apanhar sempre os dejetos do seu cachorro, quando este o faz na via pública (use saco de plástico e deite no contentor apropriado).

A desparasitação interna tanto em cães como em gatos evita que os parasitas intestinais como lombrigas ou ténias que podem ser prejudiciais à sua saúde.

Como desparasitar internamente um cão ou gato?

O modo ou a via de administração são gotas ou pastilhas ingeríveis. Existem várias opções:
    • Soluções orais ou pastas: costumam ser fáceis de administrar mas devem ser aplicadas vários dias seguidos. Costuma utilizar-se em animais de baixo tamanho e peso.
    • Comprimidos: muito utilizados dado que são fáceis de misturar na comida, e o animal costuma engoli-los, no caso dos cães, sem se dar conta. São recomendáveis a cada 3 meses. No nosso hospital, utilizamos o Milbactor para cães e gatos.

milbactor       milbactor gato

Deverá sempre seguir o plano de desparasitação do seu cão ou o plano de desparasitação do seu gato que o médico veterinário aconselhou, para os manter saudáveis a eles e a si também.

                                banner marcação consulta